some image

ARATA ACADEMY

Homem-Memória revela seus segredos

featured image

Conheça o Homem-Memória. Esse mineiro é recordista sul americano de competições de memória. Sua mente é tão poderosa que mereceu matéria de destaque do Fantástico (vídeo abaixo):


Homem-Memória em ação

A verdade é que, diferente de um super herói com superpoderes iniciados pelo acaso ou por experimentos bizarros, o psicólogo Alberto Dell’Isola adquiriu seu talento como “mentatleta” (atleta da mente) explorando as bases da memória e a curva do esquecimento.

Curva do Esquecimento

Essa Curva do Esquecimento é uma das chaves do trabalho de Alberto. Ele descreve no livro Mentes Brilhantes: Como desenvolver todo o potencial do seu cérebro (link afiliado) o quanto somos capazes de reter de informações que acabamos de adquirir. Para evitar que informações recém adquiridas sejam esquecidas, Alberto usa e abusa de “gatilhos de memória” que são mais intuitivos e fáceis de acessar.

Existe uma outra forma de manipular e vencer a Curva do Esquecimento. Mas essa é daquelas soluções tão óbvias que poucas pessoas realmente utilizam corretamente: a revisão. Em qualquer estudo, Alberto propõe que a revisão seja parte integrante do tempo alocado de estudos, e tem técnicas bem específicas para isso.


Se gostou do vídeo acima, veja também o resto: [parte 2] [parte 3] [parte 4] [parte 5] [parte 6]

Entrevista exclusiva para Arata Academy

Novamente, agradeço o Alberto Dell’Isola pela disponibilidade a responder às perguntas de nossos amigos da Arata Academy. Acabamos conversando por mais de duas horas e todo o conteúdo está disponível nos vídeos abaixo.


Parte 1: Funcionamento da memoria e da mente

Neste vídeo, desmistificamos a idéia de que as técnicas de memorização seriam globais. Ao invés de simplesmente dizer que “o cérebro funciona como um músculo que deve ser treinado”, minha interpretação é que o cérebro é como um corpo que possui vários músculos. Treinar o “bíceps do cérebro”, por exemplo, não necessariamente reverte em uma vantagem para o “abdomen ou tríceps do cérebro”. Em outras palavras, a pessoa que treina a memorização de cartas de baralho ou números não terá necessariamente uma vantagem na memorização de fatos de seu cotidiano.

Existem vários domínios da memória, mas o que acontece com o treino por exemplo para memorizar cartas de baralho é que estamos reforçando nossa disciplina e poder de concentração em uma tarefa. Esse poder de foco e disciplina depois podem ser também utilizados para outros domínios de memória, como se recordar de informações relacionadas a nosso trabalho.


Parte 2: Técnicas para exercitar a mente
A técnica do Palácio da Memória é uma poderosa técnica para facilitar a recordação de dados desconexos através da ilustração ilustrar com imagens chamativas e marcantes.

A importância das revisões. O próprio Alberto Dell’Isola, que é campeão em vários campeonatos de memória, diz que é natural e humano esquecer praticamente tudo o que estudamos em uma sala de aula. Por isso é fundamental ter vários níveis de leitura.

Necessidade de descanso. O cérebro atua através de processos bioquímicos e portanto é fundamental entender o nosso próprio ritmo para fazer pausas para aumentar a produtividade. Alberto não recomenda uma fórmula fixa, mas ao contrário é mais adequado que cada pessoa tenha a percepção de quando já não está mais absorvendo o conteúdo no processo de aprendizado.

Estudo para concursos públicos. Como fixar o conteúdo no estudo para concursos públicos? Alberto diz que a principal dificuldade é a quantidade enorme de informações, e os concurseiros não realizam a quantidade suficiente de revisões. O problema não é a leitura do material, mas sim a leitura repetida de material. Entre as técnicas a serem usadas além da revisão, Alberto recomenda a técnica de memorização de números, que funciona bem para Direito Tributário e Direito Administrativo. É importante também ver qual será o material que será usado na revisão: muitas vezes o mapa mental é adequado, mas algumas vezes pode ser mais prático ter um quadro comparativo.


Parte 3: Uso prático no dia a dia

Uso de mapas mentais e diferentes ferramentas. Mapas mentais são ótimas ferramentas por terem muitos vínculos de memória, mas isso não indica que um mapa mental sem imagens seja ruim. Qualquer anotação deve poder sintetizar e facilitar revisões. A anotação dá uma forma para o texto a ser memorizado. No caso de um quadro, ou um mapa mental, temos uma forma mais atraente que um texto.

Memorizando nomes e fisionomias. Técnica do Dicionário de Nomes. Para cada nome, o Alberto pensa em uma imagem diferente baseado no mundo de referências dele: no caso do nome “Eduardo”, ele associa a imagem de um computador pois tem um amigo que chama Eduardo e que mexe com computadores. Uma outra técnica é associar as primeiras letras do nome com uma imagem. Nesse caso, associar “Eduardo” com “elefante”, ou “Renato” e “rena”, ou “Leonardo” e “leopardo”. Assim, o dado abstrato é convertido em uma imagem, que é mais amigável ao modo de funcionamento do cérebro.

Método para decorar textos longos com perfeição. Para quem dá palestras ou é ator, e precisa de decorar perfeitamente todas as palavras em sequencia, a forma recomendada é usar a técnica da força bruta, conhecida também como método John Place: ler a primeira linha, tampar para recitar de memória e ir para a segunda linha, repetindo desde a primeira. Continuar com essa repetição e revisão linha por linha, sempre iniciando pela primeira linha.

Facilidades adicionais para clientes Arata Academy

Apesar dos vídeos com as entrevistas estarem disponíveis para todo o público geral, os clientes Arata Academy que fazem parte do curso A Classe Alta terão algumas vantagens adicionais. Todos os clientes existentes receberão também o mapa mental para download (formatos Adobe .pdf e imagem .jpg) junto a versão de vídeo (.mov) e áudio (.mp3) para download para ouvir a entrevista com o Alberto onde for mais conveniente.

Outra novidade a ser anunciada em breve é o preparo de um livro digital com os links dos melhores artigos publicados pelo Alberto – isso pode demorar algumas semanas, mas assim que a edição e design estiverem prontos, mandarei um email pra nossa lista.

Sobre Seiiti Arata Jr.

Seiiti Arata é fundador da Arata Academy e autor do curso Como Aprender Mais Rápido. Suas melhores orientações para produtividade pessoal foram condensadas no curso Produtividade Ninja. Está também focado no curso de enriquecimento A Classe Alta , no curso de carreira profissional Duplique Seu Salário e no treinamento em empreendedorismo EmpreDig.

Comente usando Facebook

41 comentários

GERSON DOS SANTOS Responder

BOM DIA

SEMPRE ME INTERESSEI POR ESSE ASSUNTO, NO ENTANTO A QUESTAO É CASO UMA PESSOA TENHA UMA DOENÇA QUE É O MEU CASO: NEUROFIBROMATOSE, A QUAL ACABA DE CERTA FORMA AFETANDO O CEREBRO ( ESQUECIMENTO, E DIFICULDADE DE RETER INFORMAÇÕES), ESSE MÉTODO AJUDA?, POIS JÁ FIZ MILHARES DE CONCURSOS PUBLICOS E ATE O MOMENTO NAO FUI APROVADO EM NENHUM. OBRIGADO GERSON DOS SANTOS JOINVILLE SANTA CATARINA

Seiiti Arata Jr. Responder

Gerson, tudo bem? Obrigado por deixar o comentário, a casa agradece.

Uma coisa que sempre peço para todos nossos amigos é nunca escrever um comentário (ou email) utilizando todas as letras maiúsculas como foi feito acima. Isso prejudica muito a leitura e até mesmo a qualidade de interação em alguns casos. Explico.

Não são todas as pessoas que efetivamente lêem a mensagem. Muitos apenas se deixam levar pela primeira impressão. E a primeira impressão de um texto escrito com CAPS LOCK é geralmente muito negativa.

Por favor não leve para o lado pessoal. É apenas um pedido que acho que pode contribuir para todos nós aqui.

Abraços!

Seiiti Arata Jr. Responder

Olá! Só estou mandando uma resposta rápida e padronizada para todos os amigos que deixaram perguntas para o Alberto Dell’Isola: a página acabou de ser atualizada com os vídeos completos e respondemos todas as perguntas que foram enviadas dentro do prazo combinado.

http://www.arataacademy.com/port/memoria

Como benefício adicional apenas para os clientes da Arata Academy que estão inscritos no programa de coaching financeiro A Classe Alta, vou mandar um email em breve com links especiais para fazer o download de todo o material em formato video (.mov), áudio (.mp3) e também o mapa mental da entrevista (.pdf e .png)

Obrigado!

FLAVIO HADDAD Responder

Prezado,
Tenho um livro do Alberto Dell’Isola que li tem uns 2 anos ” Treinamento prático de Leitura Dinâmica”. Muito bom. Porém tenho uma dúvida que não consegui aplicar na prática. Como otimizar o estudo para concursos, no meu caso área jurídica, de forma que ganhe rapidez na leitura e forte fixação do conteúdo (memória de longo prazo)? Quais as técnicas mais importantes? Teria um passo-a -passo para nos explicar?
abrs e tudo de bom.

Seiiti Arata Jr. Responder

Excelentes perguntas, Haddad! Gostei do caráter bem prático da sua dúvida. Vou passar sim pro Alberto!

Felipe Responder

Tenho a mesma dúvida do nosso amigo Flavio. Muito interessante a pergunta!

Eudes Responder

Olá Seiiti. Eu gostaria de saber dele, por que não consigo estudar sozinho qualquer coisa, tipo, fazer um curso de inglês com DVD, ou livro mesmo. Tenho que estar perto ou junto de pessoas para interagir. Não dá motivação estudar sozinho. Abçs.

Seiiti Arata Jr. Responder

Pergunta muito interessante, Eudes! Obrigado – mandarei sim pra ele!

p.s. foi pensando nisso que a gente criou o ambiente de MasterMind pro programa de coaching financeiro A Classe Alta. Sempre é mais bacana interagir do que ficar solitário lendo, né?

Rodrigo Vieira Responder

Opaaa, grande notícia!
Estou ansioso para ver esta entrevista, este tipo de assunto me interessa bastante, já comprei dois livros do Alberto, Mentes Brilhantes e o Super Memoria. Pretendo até reler estes livros pois algumas técnicas merecem maior dedicação do que tive da vez em que li os livros.
Por coincidência havia sugerido pro pessoal da MasterMind darem uma olhada neste curso de memorização.
Muito legal!

Seiiti Arata Jr. Responder

Fala Rodrigo! Tou achando bem interessante o fato do pessoal (vc, o Haddad) já conhecer bem o material do nosso Homem Memória. Mais um indicador que aqui na Arata Academy a gente tem reunido pessoas que não se contentam com pouco e estão sempre procurando por formas diferentes de aperfeiçoamento.

Se durante sua releitura vc se deparar com alguma dúvida de algo que despertou mais curiosidade lá nos livros, é só deixar aqui. Abraço!

Leonardo Responder

Gostaria de saber como isso pode ser usado na prática mesmo, sempre vi muitos testes de memoria para decorar nomes, formatos, figuras, coisas que realmente não fazem muita importância para mim.
Gostaria realmente de lembrar de um livro, de um texto específico….
queria até saber se é possível um teste simples Seiiti, você passar um texto para ele, ou uma página na internet e ele poder falar que tipo de associação ele está fazendo nesse caso para memorizar o texto.

Obrigado

Raphael Augusto Responder

Olá, Seiti! Tudo bem?

Gostaria de saber como fazer para memorizar a agenda diária e mensal (compromissos importantes), além de saber como fazer para memorizar textos muito extensos como leis, decretos, regulamentos e normas procedimentais.

Abraços,
Raphael

Fábio Responder

Olá Seiiti,

Assisti as aulas online e achei muito interessante todo o processo que envolve a memorização.
Tenho uma pergunta pro Alberto.

Na minha época de cursinho (estudo intensivo) o que me ajudou a reter as informações foram pequenas pausas que fazia (de no maximo 15 minutos) para gravar o que foi lido, ou para “cochilo” da mente.
Parece que existe comprovação científica de que traz resultado. É isso mesmo? Qual o tempo máximo para os “cochilos da mente” ou intervalos? Existe esse tempo máximo/mínimo?

Grande abraço

Fábio Xavier Responder

Olá Seiti.

Gostaria de perguntar ao Senhor memória se há métodos de memorização rápida para área de exatas. Sou engenheiro e é um pouco diferente a memorização nessa área, pois são conceitos misturados com formulações e sistemas que dificultam técnicas de memorização comuns.

Muito obrigado e aguardo resposta.

Renata Responder

Caros Seiiti e Alberto,
Como contadora, todos os anos passo pelo período atribulado do imposto de renda. O interessante é que muito frequentemente me lembro da situação patrimonial dos clientes de um ano para o outro. As vezes faço alguma pergunta e o cliente se espanta: “como você se lembra disso???”
Não sei se é porque gosto muito desta parte…
No entanto, como geramos demandas diárias de vários clientes, quando algum demora a nos responder alguma questão, quando reaparece, às vezes eu tenho que me concentrar muito para recapitular qual era a demanda inicial…
Por que a memória é seletiva? O que poderá ser feito para trabalhar melhor essa questão?
Obrigada,
Renata Veronesi Boerger

Edelmiro Purificação Responder

Existe limites para memorização, ou seja, pode ocorrer sobrecarga em nossa memória quando armazenamos muitas informações.
Memorização e Leitura Dinâmica se completam ou são como água e óleo, se me desenvolver em uma técnica não terei o mesmo êxito na outra.

Wolder Alves Responder

Olá Seiiti,

minha dificuldade quanto a memorização é ao conhecer alguém e depois de alguns minutos conversando, esqueço completamente o nome da pessoa, o que é até desconsertante.
Outra dificuldade que me faz perder bastante tempo quando estou estudando é quando tenho que ler novamente algum trecho para poder entender e depois assimilar o conteúdo, o que já aconteceu algumas vezes enquanto estava lendo “A Classe Alta”.

Espero que o Homem-Memória possa dar boas respostas para superar estes problemas.
Abração!

Laura Ferrari Responder

Olá Seiiti, tudo bem ????

Minha memória recente ainda muito ruim. Leio e esqueço, tenho tido dificuldades para registrar. Ainda não vi os videos mas fiquei bem interessada. Existe algo para melhorar a memória recente ?

Estou satisfeita em ter conhecido seu site, tudo muito agregador.

Abraços,

Henrique arake Responder

O colega poderia me explicar se a técnica do castelo de memórias, em que associamos os dados a imagens hilárias situadas em uma sala familiar, realmente funciona.

Como sugestão de leitura complementar, sugiro o A arte da memória de francês yates. É um verdadeiro tratado sobre o assunto, bem completo.

Ernestina Responder

Boa noite, Seiiti. Obrigada pelos comentários da minha resposta à atividade Viagem no Tempo.
Gostaria de saber do Alberto ( do qual já assiti uma aula muito interessante), quais orientações específicas poderiam ser dadas aos meus clientes acima de 60/65 anos, que apresentam falhas de memória recente, por vários motivos ( medicamentosos, stress, doenças diversas, excesso de informações) e que atrapalha muito a vida cotidiana deles. Tento orientações mais simples como anotar, usar cadernos agendas, bilhetes, listas, repetições. Há alguns semi-analfabetos, o que limita algumas atividades. Há a pressão dos familiares, que julgam e criticam. Há a realidade do envelhecimento que, para muitos e em etapas diferentes, traz realmente uma memorização mais lenta e, portanto, uma eficácia reduzida no dia a dia.
Como os livros e as aulas geralmente contemplam um público mais jovem e mais atuante, portanto também mais veloz, vejo uma lacuna em relação a este grupo de pessoas que descrevi.
Obrigada pela atenção.

Bruno Braga Responder

Oii muito boa essa iniciativa, o jeito que se ensina naum sei hoje ou sempre foi ensinado no brasil, um metodo muito feudau..rsrs eu estudei em escola publica e essas de graça que quase todo mundo vai e tive muitas dificuldades, mas de alguma forma consegui me superar e quando comecei a fazer faculdade tive dificuldades em me adptar ao horario que era de manhã sempre acordava tarde e tinha dias que eu esquecia o horario que começava as aulas isso indo a um mês e meio para faculdade…nesse tempo. Agora eu tranquei, o pq eu não sei mas se alguém da sua familia fica repetindo diversas vezes “seu preguiçoso” ou quando vc fala “vou ter que levantar cedo amanhã” ai a pesso responde “huumm VOCÊ acorda cedo, hahaha até parece” ou “duvido” ou se não fica enchendo o saco bem na hora que você se deita para dormir, isso de uma certa forma afeta a memoria? li um livro chamado -revolucionando o aprendizado- que me ajudou muito no começo da faculdade em fev desse mes. tem uma lista de livros que podem ajudar a desenvolver a memoria? mas não uma leitura aleatoria! com se desce continuidade, e atualmente ando me esquecendo dos dias! isso não é normal é com se não exiistie o tempo…. meio chato alguma dica?

Lucas Responder

Ola Seitii, eu ainda não vi os vídeos, gostaria de saber se o Alberto tem na família alguma outra pessoa com uma memória poderosa como a dele.

Outra pergunta, o Alberto é capaz de lembrar informações em situação de tensão ?, existe alguma técnica para isso ?

Obrigado pela atenção :D

michel Responder

gostaria de saber se há alguma forma de treinar o cerebro a focar em uma atividade, sem se deixar levar pelos pensamentos, eu ainda não consigo, pois meu trabalho exige muito da concentração mas as vezes me deixo levar pelos pensamentos, e acabo me atrasando todo.

Carol Pucu Responder

Este vídeo é muito inspirador.

Sou atriz e tenho sempre que memorizar muitos textos, alguns com as palavras exatas e nem sempre consigo. Algumas frases/palavras parece que ficam “de fora”, sempre esqueço as mesmas. Minhas dúvidas:

1) Como decorar um texto grande (de mais de uma lauda), com todos os elementos de conjunção, adjuntos, adjetivos, ou seja, nenhuma palavra de fora?

2) Como lembrar da fisionomia das pessoas?

3) Como decorar ordens numéricas sem trocar as posições dos números?

5) Voce acha que algum tipo de jogo de memorização ou exercício ou brincadeira pode ajudar a desenvolver a memória?

Muito obrigada Seiiti e Alberto por compartilharem esses vídeos tão inspiradores.

Danilo Alexandre Responder

Não sei se é este o assunto que vocês podem ajudar, mas segue a dúvida.

Tenho um pouco de dificuldade para lembrar por exemplo de reportagens que eu li, ou até algo que eu li afim de estudar e aprender.

Não sei se o problema é na concentração ao ler algo, sei lá.

Outra coisa que não consigo lembrar são datas. Sempre esqueço o aniversário até da minha mãe(rs)

Será que teria alguma técnica para me ajudar com isso?

PS: Está carregando os videos, ainda não os vi.

Obrigado!

Gloria Responder

Bom dia Seiiti e Alberto
Minha dificuldade é guardar nomes e datas. No restante minha memória é excelente
Grata por mais este apóio

Carlos Valter Responder

Ola pessoal, eu tenho um problema de preocupar com espaço ocupado por coisas inúteis. Isso vem da era do disquete 360Kb hahaha, por exemplo não consigo gravar um documento em um CD por achar um desperdício de espaço. Mas esse problema não acontece com o pessoal mais novo na área de informática, até porque hj em dia não existe razões para preocupar com espaço digital…
Bem com esse problema evito memorizar muita coisa, por achar que meu cérebro estará guardando coisas inúteis… o grande problema que vejo é que não exercito minha memória, com isso NÃO consigo guardar mais NADA.

Então o cérebro pode sobrecarregar com memória? Se eu colocar muita coisa na memória pode causar um “super aquecimento”? Pessoas que tem crises de enxaqueca constante pode se prejudicar com o uso excessivo da memória? É necessário eu ficar sempre dando um refresh nas memórias para não esquecer?

Obrigado Seiiti, e estou adorando o curso, apesar de eu ser meio lento na leitura ;)

Gustavo Luiz da Silva Responder

Assisti os vídeos do curso do Alberto e vi que ele dá muitas dicas para passar em concursos gostaria de saber se tem alguma dica para memorização na parte de exatas com fórmulas e se existe algum software para fazer mapa mental utilizando fórmulas.

Guilherme Rodrigues Responder

Boa tarde Seiiti, beleza?

Tenho uma memória boa para relembrar coisas muito antigas, de quando era bem criança (hoje tenho 23 anos).

Mas se conheço uma pessoa hoje, amanha ja não lembro o rosto dela, fica confuso com outros rostos semelhantes de conhecidos.

Existe alguma ligação entre isso?

Forte abraço!

Rozi Responder

Seitii, meu filho de 09 anos e tem muita dificuldade em memorizar textos e as matérias que a escola passa. Dificilmente ele assimila os textos e outras matérias. Os professores passa alguma matéria para ele, e quando chega em casam já não se lembra do que foi passado para ele.Queria saber como fazer para memorizar textos extensos, pois eu também quero aprender, para que eu possa passar para meu filho e dar dicas para minhas filhas, que farão provas do enen.

Fátima Responder

Bom, Seiiti, tenho uma boa memória, principalmente pelo meu trabalho, tenho que ficar ligada. Se juntar o Senhor Memória com os mapas mentais, aí, é tudo de bom. Não consegui abrir os vídeos aqui no trabalho, pois é bloqueado pela Petrobras. Vou ver em casa. Abraços.

Pedro Responder

ola pessoal!
Preciso de uma ajuda enorme!!!!
tenho um problemão, quando estou estudando ou lendo algo, quando chego no meio do texto esqueço o começo, quando chego no fim esqueço do meio e assim me atrapalha e desestimula bastante por que tenho que repetir a leitura varias vezes para poder entender e memorizar;

o que faço para melhorar isso???
Abraços

benilton Responder

POr quanto tempo que eu treino algo, por exemplo, eu estou estudando uma tabela de verbor irrregulares em ingles já faz uns 4 meses, eu escrevo ela quase todos os dias e pergunto: por quanto tempo se deve treinar para que algo fique na memória para sempre? onrigado

Fábio Responder

Seiiti, é possível usar estas tecnicas para aprender linguagens de programação de computadores?

Gustavo Luiz da Silva Responder

Entrevista excelente!!!
papo muito bom de ouvir que nem vi a hora passar..
o Alberto quebrou alguns mitos sobre memória e
deu várias dicas em diversas áreas.
E Seiiti como sempre fazendo um excelente trabalho
por isso que seu curso de coaching financeiro A Classa Alta agrada
a todos que participam.

Adriano Responder

Seiiti,
Qual a ferramenta que você usa no vídeo (mapas mentais), a qual você está digitando?

Abraço
Adriano

Seiiti Arata Jr. Responder

Oi Adriano! Como bastante gente pergunta, deixei isso nas FAQs:

http://www.arataacademy.com/port/perguntas-frequentes/

Rubens Responder

Tem muitas conclusões errada de vocês na entrevista 2 quanto à música. Cuidado!!

samuel Responder

seiti ….gostaria de saber que programa é esse que vc usou para escrever a enrtevista. ele ajuda a fazer as plantas… é ótimo?

kevim Responder

Nunca consegui entender minha memória, certos acontecimentos e fatos sem esforço consigo lembrar,como se estivessem gravados e uma memória permanente, porém outros assuntos escolares exigem uma grande força de vontade para eu poder guarda-los, penso que as informações são armazenadas no cérebro em locais diferentes de acordo com o grau de relevância que voçê da a informação.

Madalena Bragança Responder

nossa no momento estou passando maior aperto de memória, com 62 anos resolvi voltar a estudar porque aposentei e continuei trabalhando, e resolvi tirar a faculdade por questões financeiras porque ainda trabalho como secretária há 42 anos, e nunca tive oportunidade de estudar – bem daí percebo que quando a matéria me agrada eu memorizo bem, quando a mat´é chata eu sinto que meu cerebro bloqueia – já estou desistindo – to achando tudo chato – porque não consigo fixar o que leio. O que devo fazer????

Adicione seu comentário