some image

ARATA ACADEMY

A pegadinha das 10 perguntas mais frequentes em entrevista de emprego

Tags:, , , Coaching, Destaque 8 comments

Na preparação às vésperas de uma entrevista de emprego, é fundamental conhecer quais são as perguntas mais comuns que o entrevistador pode fazer para o candidato.

Abaixo segue a lista das dez perguntas mais frequentes de entrevista que o Ori Brafman e Rom Brafman listam no livro A Força do Absurdo (link afiliado), publicado originalmente com o título Sway: The Irresistible Pull of Irrational Behavior.

  1. Por que devo contratar você?
  2. O que você se imagina fazendo daqui a cinco anos?
  3. Quais são as suas principais forças e fraquezas?
  4. Como você descreveria a si próprio?
  5. Quais matérias você gostava mais na faculdade, e quais gostava menos?
  6. O que sabe sobre nossa empresa?
  7. Por que decidiu buscar um emprego em nossa firma?
  8. Qual o motivo de ter saído do seu emprego anterior?
  9. Quanto você deseja ganhar daqui a cinco anos?
  10. O que você realmente quer fazer da vida?

Agora. Existe uma pegadinha muito importante por trás dessas perguntas.

Afinal de contas, todo mundo sabe que acontecerá um teatrinho durante a entrevista. O mais comum é, quando somos perguntados sobre nossa maior fraqueza, utilizar um reframing para transformar a fraqueza em uma força. Já estou cansado de ler livros preparatórios para entrevista que recomendam dizer coisas manjadas como:

Ah, eu sou muito perfeccionista, e algumas vezes insisto em alcançar uma grande qualidade no resultado final

ou então

Eu sou sincero demais, e algumas vezes dou um feedback sobre temas profissionais e qualidade de trabalho da equipe, mesmo sabendo que isso pode magoar algumas pessoas

Aham. Parece que só a gente é malandro nesse planeta né… Quero ver alguém dizer que a maior fraqueza é acordar tarde por ter ficado na balada tomando várias no meio da semana. E, obviamente, também não é isso o que o recrutador espera ouvir.

A pegadinha por trás dessas perguntas é que, como todos os participantes entendem que está acontecendo essa encenação, quem sai vitorioso é aquele que se prepara com informações valiosas e detalhadas sobre a empresa. Ao deixar esses dados fluirem naturalmente durante a conversa, o candidato subcomunica ser uma pessoa proativa, dedicada, organizada e com profissionalismo.

Dicas específicas de como obter as informações:

  1. Busca Google sobre o nome da empresa, especificamente usando os recursos de busca avançada e filtrando apenas as informações do último semestre, para estar atualizado sobre as novidades mais frescas
  2. Busca Google sobre o nome do seu recrutador e diretores e pessoas chave do time com quem poderá trabalhar, caso contratado
  3. Procure também dentro de sites fechados, cujos resultados de busca nem sempre aparecem na busca Google. Exemplos: Facebook, fóruns de discussão especializados na área da empresa, LinkedIn
  4. Caso a empresa seja multinacional de capital aberto, leia os prospectos mais recentes e informações anuais divulgadas na Securities Exchange Commission (poderei explicar sobre isso em um texto futuro, se interessar)
  5. Converse com pessoas do mundo offline. Use sua base de contatos para obter o máximo de informação possível. Caso seu networking seja tímido, cultive o hábito de ter uma sólida rede de amigos e apoiadores – entre para a nossa Lista VIP Arata que é lá onde passamos as dicas insider de como fazer isso
  6. Treine. Muito. Faça entrevistas inclusive (e principalmente) para vagas que não te interessam. Isso ajuda a praticar para o dia em que realmente vá para a entrevista que importa.

p.s. Por favor não reparem no meu estilo esquimó na segunda metade do vídeo, mas é que eu já havia me preparado para ir embora e notei que a parte mais importante não tinha sido dita. E nesse dia, além de estar quase temperatura zero em Zurique, o vento ajudava a perfurar os ossos – dureza!

Sobre Seiiti Arata Jr.

Seiiti Arata é fundador da Arata Academy e autor do curso Como Aprender Mais Rápido. Suas melhores orientações para produtividade pessoal foram condensadas no curso Produtividade Ninja. Está também focado no curso de enriquecimento A Classe Alta , no curso de carreira profissional Duplique Seu Salário e no treinamento em empreendedorismo EmpreDig.

Comente usando Facebook

8 comments

Viviane Responder

Isso vai ajudar um pouco !!!

wanderson Responder

Bom dia, mais voce so falou 7 das 10 perguntas, na hora que vc ia falar a pergunta de numero 8 voce nao lembrou mais.
abraços
e obrigado pelas dicas.

João Carlos Semedo Mendes Responder

Muito legal. E quanto ao boné e o cachecol é melhor do que congelar.

Renan Responder

Legal o vídeo. Li também o livro Blink do Gladwell e realmente tem muito a ver com o que se passa em uma entervista de emprego, e isso creio que tanto para o lado positivo (quando a contratação dá certo) quando para o caso negativo (quando dá errado). Não sei bem, isso talvez dependa da habilidade que o empregador tenha em ler pessoas. Lembro que no livro ele cita um ex-presitente americano, Warren Harding, que o povo o “leu” como sendo o candidato perfeito mas que acabou se envolvendo em muitos escândalos em seu mandato.

Eunice souza alves Responder

isso vai ajudar as minhas entrevistas !!!!!! eunice

vasconcelos Responder

de tudo e bom saber um pouco.

rosangela de maua Responder

valeu as dicas ajudou muito um abraço.

Mel Responder

Parabéns, dicas anotadas …vamos por em prática!

Adicione seu comentário